Universo Asian: espaço dedicado aos apaixonados pela cultura pop asiática

De uns anos para cá, a cultura pop asiática ganhou a boca e o coração do povo, especialmente a coreana. Se você não for um fã de doramas ou dos meninos do BTS — maior fandom do mundo, com 64.3M de seguidores no Instagram — talvez não tenha acompanhado o hallyu (onda coreana) desde o começo.

Mas, se vive no planeta terra, com certeza sabe que ele veio para ficar!

A Coreia do Sul é um país praticamente do tamanho do estado de Pernambuco, com uma população de, aproximadamente, 51 milhões de pessoas. Ainda assim, se transformou em um verdadeiro fenômeno cultural global em tudo que produz e distribui: passando pela música, séries e cinema.

Apostamos que você foi um dos que assistiu a Round 6 na Netflix e ficou viciado. Batatinha frita, 1, 2, 3!
A série, que está com sua segunda temporada confirmada e em produção, quebrou recordes no streaming e esse é apenas um dos exemplos da obsessão que o mundo tem com a Coreia do Sul.

Tudo isso começou porque a própria sociedade coreana trabalhou muito para propagar o fácil acesso às criações: personagens inspiradores, acessíveis e simpáticos dentro de produções de alta qualidade. Não é à toa que a base de fãs da cultura coreana é enorme!

LEIA TAMBÉM: Conheça o universo cosplay do UCCONX!

Pega seu lightstick, chegou a hora de falar sobre o K-pop

A cultura K-pop mistura melodias viciantes, coreografias perfeitas, altos valores de produção e um desfile interminável de artistas muitoooo atraentes. Sério, vai no Google agora e dá uma olhada no Cha Eunwoo ou na Lalisa Manoban, mas cuidado para não se apaixonar!

O K-pop, como o conhecemos, surgiu com a reforma do governo democrático da Coreia do Sul em 1987 e a modernização e redução da censura. Gradualmente, a sociedade foi se abrindo e o K-pop é um dos poucos gêneros musicais que pode-se dizer que tem uma data de início definida, graças a uma banda chamada Seo Taiji and Boys.

O Seo Taiji já havia sido membro da Sinawe, uma parte breve, mas extremamente influente no desenvolvimento do rock na região. Depois que a banda se separou, ele se voltou para o hip-hop e recrutou dois dançarinos para ajudar, Yang Hyun-suk e Lee Juno. Assim nasceu a Seo Taiji and Boys, que em 11 de abril de 1992, apresentou seu primeiro single em um show de talentos, o “Nan Arayo (I Know)”. Acontece que eles não só perderam a competição, como tiveram a pontuação mais baixa da noite.

Mas estava predestinado, a música estreou nas rádios e logo chegou ao topo das paradas de singles da Coreia do Sul com um recorde de 17 semanas — que permaneceu como da banda por mais de 15 anos. Quando a Seo Taiji e Boys se separou em 1996, já tinha mudado todo o cenário musical, abrindo caminho para outros artistas e para o sistema de estúdios existente.

Mas a cultura pop asiática vai bem além da sul-coreana

Antes dos grupos de K-pop chegarem e mudarem tudo, a cultura pop japonesa e chinesa estava por aí com os animes, mangás, artes marciais, filmes e séries incríveis. Para alguns, Cavaleiros do Zodíaco, Sailor Moon, Pokémon e Digimon estão na lista de melhores animes por remeterem a boas memórias de infância.

Para outros, ver todas as obras do Studio Ghibli foi uma questão de honra. Quem não se emocionou com aquelas histórias e ainda babou nos pratos lindos que sempre brilham nos filmes?

Esse encantamento com a cultura pop asiática perdura há décadas no mundo, e no Brasil ainda está relacionado ao fato do país ostentar a maior comunidade nipônica fora do Japão. Somos declaradamente apaixonados por toda essa tradição.

É o que motiva pessoas de todas as idades a fazer viagens, cursos de idiomas e buscar experiências gastronômicas. O bairro da Liberdade é um belo exemplo disso. Se você chegar por lá pela estação de metrô, vai desembarcar no centro de uma feira deliciosa, cheia de opções. Se andar pelas ruazinhas, vai encontrar restaurantes de variadas nacionalidades e gostos: tem comida chinesa, japonesa, coreana, tailandesa… A lista é enorme e imperdível!

O Universo Asian da UCCONX vai reunir o melhor de tudo isso

Viagem e experiência são palavras que também definem o Universo Asian que estamos criando para o UCCONX!

De 27 a 31 de julho, no complexo Anhembi em São Paulo, você vai poder experienciar um pouco de Seul e Tóquio, já que estará cercado de tecnologia e atrações que lembram as grandes metrópoles asiáticas.

Dedicado inteiramente à cultura pop asiática, o espaço vai combinar culinária, doramas, mangás e animes com exposições, shows, painéis e workshops. Tudo isso embalado pelos maiores hits do k-pop!

Ou seja, é bom correr para garantir o seu ingresso antes que eles se esgotem. Fighting!

Atenção: em breve vamos anunciar mais surpresas, por enquanto, nossa dica é se manter atualizado nas nossas redes sociais, que é por lá que as novidades vêm na primeira mão.

Destaques

Gabriel “FalleN”: ícone do Esport confirmado no UCCONX

Saiba mais

Já separou as ideias de cosplay? Com o Cospital nada vai sair do lugar

Saiba mais

Universo Asian: espaço dedicado aos apaixonados pela cultura pop asiática

Saiba mais

Universo Urban UCCONX: um espaço dedicado à cultura de rua

Saiba mais

O universo gamer no festival UCCONX!

Saiba mais

Gabriel “FalleN”: ícone do Esport confirmado no UCCONX

Saiba mais

Já separou as ideias de cosplay? Com o Cospital nada vai sair do lugar

Saiba mais

Universo Asian: espaço dedicado aos apaixonados pela cultura pop asiática

Saiba mais

Universo Urban UCCONX: um espaço dedicado à cultura de rua

Saiba mais

O universo gamer no festival UCCONX!

Saiba mais

Faltam

00
Dias
00
Horas
00
Minutos
00
Segundos