Nova temporada de Stranger Things X coisas estranhas que todo fã deve saber antes da estreia

A nova temporada de Stranger Things estreia nesta sexta, às três da manhã, e promete quebrar a internet. O que para a série não é nada novo, graças à sua mistura de terror, aventura, comédia e nostalgia, desde que foi lançada, lá em 2016, tornou-se o programa favorito de muita gente.

Só para você ter uma ideia, quando a segunda temporada foi lançada, a Netflix revelou que 361.000 pessoas assistiram tudinho nas primeiras 24 horas. Quando a terceira temporada chegou, 19,17 milhões de fanáticos assistiram ao primeiro episódio no dia em que foi lançado. Você foi um deles?

Bom, enquanto esperamos ansiosamente pela estreia da primeira parte da quarta temporada, resolvemos fazer um aquecimento lembrando alguns fatos ‘estranhos’ e curiosidades sobre Stranger Things que vão virar sua mente de cabeça para baixo. 

Stranger Things é baseado na vida real… Que dizer, mais ou menos real

Ok, fique calmo. Não precisa agarrar o bastão de baseball com pregos e sair à caça do Demogorgon ou qualquer ser maligno do mundo invertido. Infelizmente, até o que sabemos, garotinhas muito fofas com superpoderes não existem, mas há uma certa parte do enredo da série que é baseada em algo mais ou menos real.

Para ser mais específico, enquanto tentavam vender a ideia, os irmãos Duffer montaram um livro guia chamado Montauk, cidade onde o tubarão que serviu de inspiração para o filme e livro Tubarão foi capturado. Mas, além da conexão com essa obra do Spielberg, Montauk também é conhecida pela lenda urbana de ter sido o local onde o “Projeto Montauk” supostamente ocorreu.

Só pelo nome já arrepia, né? Dizem as más línguas que lá o governo dos Estados Unidos pesquisou durante a década de 1980 “fenômenos sobrenaturais”, técnicas para criar uma “guerra psicológica” e outras investigações exóticas, pasmem, usando pessoas como cobaias. Foi só para ter mais liberdade de criação que os Duffers decidiram mudar a série para um local fictício.

A série quase foi uma antologia

Séries antológicas são aquelas em que a cada nova temporada muda a história e o elenco, ou seja, se a ideia original tivesse sido seguida, teríamos dado adeus às nossas crianças — hoje não tão crianças assim — preferidas. Outra ideia cogitada para a segunda temporada foi fazer uma sequência ambientada muitos anos depois, na década de 1990, com o elenco principal retornando a Hawkins como adultos. A referência de It! aqui seria fortíssima, hein?

Antes de ser aceita como série da Netflix, Stranger Things foi muitooo rejeitada

Algumas pessoas parecem não ter um faro para o sucesso, pois estranhamente, muitos executivos disseram não para Stranger Things. A maioria achava absurdo um enredo em torno de crianças sem torná-lo um programa infantil. Teve até quem sugerisse retrabalhar a história apenas em torno do xerife Hopper (David Harbour) investigando o paranormal, uma coisa bem Arquivo X. Ainda bem que a rede do TUDUM aceitou a proposta dos Duffers com toda sua originalidade!

Sabe quem ajudou na escalação de Millie Bobby Brown?

Simplesmente o mestre do horror: Stephen King. O autor viu a atriz no programa da BBC Intruders e a elogiou publicamente no Twitter e isso deu a ela uma vantagem na seleção.

Além disso, os testes dos atores mirins foram justamente lendo algumas linhas de Conta Comigo, filme baseado em uma obra do próprio Stephen King. De acordo com os Duffers, mais de 1.000 atores infantis concorreram aos papéis. 

As emoções de Millie eram reais naquela cena da carta

“Por favor, se você não se importar, pelo bem do seu pobre e velho pai, mantenha a porta aberta oito centímetros.”

O olho encheu de lágrima por aí? Porque por aqui encheu, não dá pra negar. Millie Bobby Brown fez um ótimo trabalho na cena em que lê a carta de Hopper e isso porque a atriz não havia ensaiado. Ela exigiu ler a carta pela primeira vez ao filmar.

Detalhes não tão detalhes assim

Não é mistério para ninguém, que os Duffers se inspiraram na filmografia de Spielberg e queriam que Stranger Things se parecesse tanto quanto possível com um filme antigo. Para criar essa “aparência”, imagens granuladas de filmes reais dos anos 80 foram capturadas digitalmente e aplicadas a cada episódio na pós-produção.

Easter eggs que você pode não ter pego

No primeiro episódio, Dustin desafia Will para uma corrida de bicicleta. Will vence e diz que quer a cópia de Dustin da HQ #134 dos X-Men, pois esta é a exata edição em que Jean Grey se torna a Fênix Negra, o ser psíquico mais poderoso do universo. O que revela um pouco sobre o que viria depois para Eleven.

Quão invertida será a nova temporada de Stranger Things?

As  teorias de Stranger Things 4 estão pipocando na nossa mente. Pela primeira vez desde sua primeira temporada, a série fez algumas grandes mudanças e expandiu a história para locais fora de Hawkins. Ela também aumentou os elementos baseados em terror e trouxe um vilão daqueles, não? Vecna é inspirado em um monstro do Dungeons & Dragons e, ao contrário de qualquer vilão anterior, ​​parece ter algum poder no Mundo Invertido.

A outra grande novidade é que a lenda do terror Robert Englund (o próprio Freddy Krueger) estará na série como Victor Creel, um homem perturbado que está preso em um hospital psiquiátrico por um assassinato ocorrido na década de 1950.

A 4ª temporada de Stranger Things não será a última

Os episódios da nova temporada de Stranger Things são longos. Tipo, muito longos. A maioria terá cerca de 80 minutos, mas conforme se aproximam do final, aumentam. O último terá 2h30 de duração. 

Esse primeiro lote nos dá os primeiros sete episódios e o volume dois, que tem dois episódios, chega em 1º de julho de 2022.  E então estaremos sozinhos até a quinta e última temporada da série.

Aliás, não tão sozinhos assim, porque se você já garantiu seu passaporte para o nosso mundo invertido, nos dias 30 e 31 de julho estará em companhia da própria Eleven. Se não garantiu, chegou a hora. É só acessar aqui!

Destaques

Gabriel “FalleN”: ícone do Esport confirmado no UCCONX

Saiba mais

Já separou as ideias de cosplay? Com o Cospital nada vai sair do lugar

Saiba mais

Universo Asian: espaço dedicado aos apaixonados pela cultura pop asiática

Saiba mais

Universo Urban UCCONX: um espaço dedicado à cultura de rua

Saiba mais

O universo gamer no festival UCCONX!

Saiba mais

Gabriel “FalleN”: ícone do Esport confirmado no UCCONX

Saiba mais

Já separou as ideias de cosplay? Com o Cospital nada vai sair do lugar

Saiba mais

Universo Asian: espaço dedicado aos apaixonados pela cultura pop asiática

Saiba mais

Universo Urban UCCONX: um espaço dedicado à cultura de rua

Saiba mais

O universo gamer no festival UCCONX!

Saiba mais

Faltam

00
Dias
00
Horas
00
Minutos
00
Segundos